Band Saracens se prepara para a etapa qualificatória do Super Sevens / SP Band Saracens ready to face the Brazilian Women’s Sevens Series Qualifiers

O próximo final de semana (25 e 26) será de muito desafio para as Bandetes. Acontecerá, em Florianópolis, a etapa classificatória do Super Sevens e 16 equipes lutarão por 4 vagas fixas no torneio e o Band é uma delas.
 
Como grupo, o Band teve transformações benéficas em relação a 2016 “Viemos de um ano com algumas dificuldades e de muita superação, estávamos com um grupo reduzido e em construção. Mas como tudo na vida tem pontos positivos, conseguimos nos unir ainda mais como grupo e terminamos o ano com muita vontade. Assim começamos 2017 , com força total.“, é o que diz Rafaela Turola, a experiente centro da equipe.
 

Na etapa classificatória, o Band está no grupo B acompanhado do Melina (MT), Centauros (RS) e Blumenau (SC). O Melina participou das 4 etapas do Super Sevens em 2016 e embora tenha apresentado evolução, ainda não é uma ameaça para o Band que conta com atletas entrosadas e também novas membras, e ainda com a volta de atletas que estavam lesionadas, como a ponta e velocista, Camila Lacerda, “Tivemos um importante reforço com o retorno de algumas lesionadas que são fundamentais para o grupo além da subida de categoria de alguma de nossas juvenis, misturando a energia da juventude com a experiência das mais velhas o que deu um gás maior ao time.“, nas palavras da Turola, o Band está numa nova fase internamente.

A equipe ainda contará com a experiência de Bruna Lotufo, Vivi Trindade e Xaxá, todas com passagens pela seleção brasileira.
 

Em relação ao Centauros que participou do Super Sevens em 2015 e se ausentou em 2016 e garantiu o segundo lugar no gaúcho, o Band também terá vantagem e as chances de terminar em primeiro lugar no grupo são grandes, já que também enfrentará o Blumenau que ainda é pouco experiente em torneios maiores, não tendo participado do Super Sevens nos últimos dois anos.

 

Entre todas as modificações no elenco bandeirantino, o que será mais evidente é o jogo com o coração e a entrega em campo demonstrando a vontade da conquista de uma das vagas “Um time que espera mostrar dentro de campo toda a preparação que vem sendo feita desde 2016, alinhado com toda força, raça e união bandeirantina, buscando manter o seu espaço entre os grandes do rugby nacional.“, finaliza Turola.

 

Confira as Bandetes convocadas:
Bruna Lotufo
Xaxá Schwambach
Viviane Trindade
Camila Lacerda
Lais Caroline
Letícia Martins
Rafaela Morais
Carolina Palazzini
Sofia Arantes
Thamara Rangel
Rafaela Turola
Samira
 
 
Sábado, 25/03/2017

Local: Florianópolis – SC

09:40 – SP Band Saracens x Blumenau

12:20 – SP Band Saracens x Centauros

15:00 – SP Band Saracens x Melina

 

Domingo, 26/03/2017

Jogos disponíveis no Facebook Live da CBRu

 

Foto por: Susi Baxter-Seitz/ Super Sevens 2016

SP Band Saracens will face a key women’s tournament on March 25th and 26th. The Super Sevens (Brazilian Womens Sevens Series) qualifying round will take place in Florianópolis and 16 teams will fight for 4 core spots in the tournament. SP Band Saracens will face Group B, along with Melina (MT), Centauros (RS) and Blumenau (SC), three less experienced teams, and is full of confidence to secure a place in the final.

“We came from a very troubled season in 2016, but that brought the team even closer and motivated to show our best this season. Our team is ready to show inside the field how we worked hard during the warm-up season, seeking to keep Band Saracens in the highest level of Brazilian rugby”, said women’s coach Rafaela Turola.
 

Among the selected players, the highlights are Bruna Lotufo, Vivi Trindade and Xaxá, all former Brazilian national players. Camila Lacerda, Band Saracens highest scorer in the last season returns from injury after an eight-month recovery.