Band Saracens vence e se garante na final da Taça Tupi / Saracens beat BH and secures a spot on Taca Tupi final

O Band Saracens está na final da Taça Tupi. A equipe repetiu a grande performance da primeira fase e apesar de alguns momentos de desatenção, conquistou uma vitória tranquila diante do BH Rugby, por 67 a 5.

Antes do início, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem de Ubaldo Rivero, morto na última semana em acidente de carro. O time da casa não demorou para impôr sua superioridade dominando a posse de bola e em sua primeira subida ao ataque, abriu o placar com Erick Iglesias na ponta esquerda aproveitando os espaços na linha, e Paganini ampliou com dois tries em sequência, o primeiro após sequência de pick and gos e depois saindo bem pelo lado do scrum. O BH não conseguia manter a posse de bola e criar jogadas que levassem perigo, se limitando ao jogo de chutes para afastar o perigo.

Veja as fotos da partida!

João Carozi anotou o quarto try bandeirantino do dia atravessando a defesa adversária pelo meio dos forwards, mas mesmo atrás do placar, o BH finalmente acordou para a partida colocando pressão utilizando sua principal arma, os forwards e chegando ao seu try com um bom maul e ganhou terreno nos minutos seguintes, mas não conseguiu traduzir em pontos seu bom momento. Leandro “Cavalo” deu números finais à etapa inicial.

A etapa final começou com um penal try após boa arrancada de Laurent pela ponta esquerda e a vantagem tranquila permitiu ao Saracens aplicar sua tradicional blitz, fazendo rápida transição entre forwards e linha e ganhando terreno sobretudo com as fintas impossíveis de Laurent, criando espaços onde não haviam antes. Assim, saíram mais três tries em meros dez minutos, contando ainda com a fragilidade defensiva mineira, que errou muitos tackles.

A blitz poderia produzir um resultado ainda mais elástico, mas a tranquilidade do jogo acabou tirando a concentração da equipe, errando passes fáceis e cometendo penais desnecessários. Mas ainda assim, o domínio do Saracens se manteve, que esteve em superioridade numérica por duas ocasiões devido a tackles altos dos mineiros e infrações reiteradas. Nos minutos finais, ainda sobrou tempo ara Diogo Raucci e Léo Monteiro guardarem os seus tries, fechando mais um dia memorável para a família bandeirantina.

O adversário do Band será o Charrua, que superou o Guanabara por 27 a 18. A final será realizada no próximo sábado.

Placar final: Band Saracens (31) 67 X 05 (05) BH Rugby

Tries: Erick Iglesias, Gabriel Paganini (2), João Carozi, Leandro Cavalo (2), Devon Muller, JP, Diogo Raucci, Léo Monteiro, Penal Try,
Conversões: Erick Iglesias (5)
Cartões amarelos: Beto Pedroza

The Sarries have reached the Taca Tupi final after another brilliant performance, this time against BH Rugby, winning by 67-5.

Both teams paid their respects to Argentinian coach Ubaldo Rivero, killed in a car accident a few days before the match, but after the kickoff, Band Saracens pushed a strong pace that their opponents could not stand, and Erick put the first points on the board after a fast ball to the right corner. Gabriel Paganini added a couple of tries of his own thanks to the solid work from the forwards on the rucks.

It took the fourth try of the day, by João Carozi for BH Rugby to finally wake up and try to put some pressure, but after only one try on a well executed rolling maul, their reaction was put to a halt after Leandro “Cavalo” try, ending the first half with a confortable 31-5 advantage.

The second half started with a penalty try after a good run from Laurent on the left wing and Bandeirantes took advantage of their opponent’s fragile defense to put on a blitz with fast transition from the forwards to the back line, and added three more tries with Devon, Leandro and JP in mere 10 minutes, paving the way for another morale boosting victory for the Sarries. Diogo Raucci and Leo Monteiro added the last tries of the match.

The final will be held in neutral venue, most likely in the city of Curitiba, next Saturday at 3pm against Charrua.