Band vence e dispara na Taça Tupi / Sarries claim second win on Taça Tupi

Band Saracens e Rio Branco se encontraram mais uma vez no ano, dessa vez pela segunda rodada da Taça Tupi. Vindo de uma vitória difícil na estreia, o Band contava com mais um bom desempenho para manter a liderança do grupo e os comandados de Guilherme Marques cumpriram seu objetivo, mantendo a única campanha perfeita no campeonato até aqui e prolongando a sequência de vitórias sobre o tradicional rival.

Veja as fotos da partida!

A partida começou tensa, as equipes se estudando muito e depois de conter os primeiros avanços dos Pelicanos, o Band abriu o placar em sua primeira subida, depois de duas fases com os forwards e rápida inversão de bola até a ponta que encontrou Pablo voando para apoiar, mesmo sofrendo um tackle alto. Maranhão descontou para o adversário logo depois com um penal.

Depois do início equilibrado, a partida foi totalmente dominada pelo Band, que anotou duas vezes com Laurent, uma delas em uma pintura inciada por Erick a cinco metros de seu ingoal e Leandro “Cavalo” rasgando a linha de defesa com sua força característica. Devon deu números finais à etapa inicial em mais uma boa subida pela esquerda, onde os bandeirantinos encontravam mais facilidade.

A larga vantagem e o domínio territorial e de posse da etapa inicial poderia prever um jogo mais fácil na etapa complementar, mas nem de longe foi o que aconteceu, apesar de Eduardo “Zinho” ampliar logo no começo em mais um scrum arrasador do time de preto, superior ao longo de toda partida. O jogo se tornou mais parelho esquentando cada vez mais, com muitos desentendimentos e empurrões a cada nova infração, e refletiu nos ânimos dos jogadores. Os Pelicanos diminuiram, mas Beto rapidamente restabeleceu a vantagem, atropelando o defensor para apoiar mais um para o Band.

Com boa vantagem no placar, o Band Saracens diminuiu o ritmo, e trocou boa parte do pack, deixando o jogo mais nivelado e dando oportunidades para o Rio Branco, que anotou mais duas vezes aproveitando ainda a vantagem numérica depois da exclusão de Gil. A reação Pelicana terminou com o try de Raucci, aproveitando uma falha de marcação na saída de 22m que caiu em suas mãos e correu 30m sem oposição. No minuto final, Laurant completou seu hat-trick e deu números finais à partida.

Com a vitória, o Band se isola na liderança do grupo A, com 10 pontos e é o único clube da competição com 100% de aproveitamento. Seu próximo adversário será o vice-líder Templários daqui a uma semana, e um novo triunfo praticamente garante a equipe na elite nacional em 2018.

 

Placar final: Band Saracens (31) 51 X 22 (03) Rio Branco

Band Saracens
Tries: Pablo, Laurent (3), Leandro “Cavalo”, Devon, Eduardo “Zinho”, Beto Pedroza
Conversões: Erick Iglesias (3)
Cartões Amarelos: Gabriel Paganini e Bruno Gil

 

Band Saracens: 1 – Gabriel Saraiva, 2 Eduardo Cabette, 3 Gudemberg Cerqueira, 4 Leo Monteiro, 5  Yuri Horalek (C), 6 Bruno Gil, 7 Devon Müller, 8 Gabriel Paganini, 9 Willi Broderick, 10 Erick Iglesias, 11 Beto Pedroza, 12 Leandro Caetano, 13 JP dos Santos,
14 Laurent Bourda, 15 Pablo Hernandez

Reservas: 16 Caio Brihy, 17 Lukas Gil, 18 Luiz Fernando, 19 João Simonetti, 20 Gabriel Lobo, 21 Diogo Raucci, 22 Daniel Di Giani, 23 Bruno Sabino

 

The Saracens and Rio Branco had their second clash in 2017, this time on Taça Tupi. After a tough debut against Pe Vermelho, the Sarries looked for a better performance against their traditional rival, and that’s exactly what the pupils of coach Guilherme Marques delivered, taking home 5 more points and being the only remaining team with a 100% campaign. 

After a very levelled start, the Sarries striked first with wing Pablo Hernandez, scoring a try on the left side, but the Pelicans reduced their disadvantage with a precise penalty kick from Daniel Maranhao. The rest of the first half was completely dominated by Band who added four more tries to the tally to finish with Leandro, Laurent and Devon, reaching a 28-point lead. 

The large advantage built on the first half assumed that the second half would be easir to manage, and a early try from hooker Eduardo Alves made all the fans celebrate the upcoming victory too soon, but Rio Branco still had some strength left and added three tries to their count, taking advantage of the yellow card received by Bruno Gil. However, the reaction was stopped after a couple of tries from Beto Pedroza, smashing the opponent’s defense and Diogo Raucci on a 30 metre run on the right. Laurent completed his hat-trick on the last minute, the final act of a great performance. 

Band Saracens sums 10 points in the standings, and the next match against Templários might place the team very close to the Brazilian elite in 2018.